A iluminação de um lar pode dizer muito sobre ele. Por esse motivo, seus moradores levam esse assunto muito à sério.

O que talvez você não saiba, é que existem diversos tipos de luz. Cada uma delas com características próprias que criarão a harmonia perfeita no seu ambiente.

Para ambientes residenciais, nossos projetos sempre buscam criar atmosferas acolhedoras. E para isso, o ideal é trabalharmos com a temperatura quente ou neutra.

Com o aumento exponencial de pessoas à procura da melhor utilização da iluminação para suas casas, é de suma importância você ter a noção exata de quais são as lâmpadas existentes e quais as que se comportam melhor em um determinado ambiente.


Mas qual tipo de luz colocar no seu ambiente? Quais são os tipos de luzes existentes e quais os benefícios de implementá-las?


Para responder a suas dúvidas, a Luminus preparou um artigo completo para você. Confira abaixo quais são os tipos de luzes que se comportam melhor em um determinado ambiente:


Quais são os tipos de lâmpadas existentes?

Como você já deve estar um pouco por dentro do assunto, não é preciso dizer que existem inúmeras opções de lâmpadas utilizadas diariamente para a decoração de ambientes, não é mesmo? Então separamos as lâmpadas mais utilizadas e que são facilmente encontradas em todo o território brasileiro.

Vamos lá!


Lâmpadas incandescentes comuns: são lâmpadas mais antigas, que possuem uma cor amarelada. Elas têm um período muito curto de duração e escurecem muito quando sua vida útil está perto do final.


Lâmpadas incandescentes halógenas: são praticamente a mesma coisa que a lâmpada citada acima. A única diferença é que duram um pouco mais e não escurecem tanto quanto o modelo anterior.


Lâmpadas fluorescentes: essas lâmpadas possuem luzes frias e emitem pouquíssimo calor no ambiente. Elas são feitas em cilindros e revestidas por fósforo.


Lâmpadas fluorescentes compactas: são feitas dos mesmos componentes que a lâmpada acima, mas garantem uma economia muito maior ao usuário.


Lâmpadas LED: além de serem muito mais econômicas, são amplamente utilizadas em toda a indústria — inclusive nas residências.


Temperatura da luz: aqui está um dos fatos mais interessantes sobre luzes e lâmpadas – quanto mais quente é a luz, menor a temperatura que ela irá emitir, e vice-versa.


Vamos explicar melhor para você entender direitinho como funciona.

Luz quente: possui cor amarelada, deve ser implementada em lugares confortáveis que prezam pelo aconchego e relaxamento.


Luz neutra: esta é amplamente utilizada em estabelecimentos comerciais. Dificilmente cai bem em residências.


O mais indicado é você sempre utilizar a iluminação correta para um determinado ambiente. A iluminação deve dizer tudo sobre a intenção de cada lugar.


A temperatura do local deve promover as sensações que a pessoa deseja emitir para o ambiente.


Dicas de iluminação e temperatura para cada parte da casa:


O ideal é você aproveitar todos os benefícios da iluminação e criar ambientes aconchegantes na sua residência. Tanto faz se a luz for quente ou neutra. O importante é implementá-las com exatidão e desfrutar de todas as suas vantagens.


Vamos lá:


Sala de estarluz quente para todos os ambientes da sala de estar. Não é aconselhável misturar temperaturas em um mesmo ambiente.


Cozinha: por ser um local que apresenta riscos de corte e lesão — mesmo que sejam mínimos — é de suma importância instalar uma iluminação que tenha bastante eficiência, como a luz neutra, por exemplo.


Banheiro: no banheiro precisamos de uma luz que reproduza as cores fielmente, para maquiagens ou para fazer a barba sem problemasE a luz que proporciona esse resultado é a de temperatura quente, com alto IRC. Abuse da iluminação frontal, com perfis e fitas de LED, tanto no mobiliários como nas sancas de gesso. Você vai se surpreender!


Escritório: tanto na área central do escritório, onde ficam a cadeira e o notebook, como nos demais espaços, deve-se utilizar uma luz neutra que não atrapalhe o uso de aparelhos eletrônicos, pois muitas luzes emitem um reflexo que incomoda bastante nas telas. Nunca misture luzes de temperaturas diferentes em um mesmo ambiente.


Quartos: nos quartos, utilize luz quente, pois são locais de aconchego que não precisam de muita iluminação. O mais indicado é sempre ter um abajur ou uma luminária por perto. Eles garantirão o conforto correto para o seu sono.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.